05 fevereiro 2010

O apego e o roubo de energia


Outro dia uma seguidora do blog fez um comentário em um dos posts, - Apego A Solução - dizendo concordar com os benefícios indiscutíveis do desapego, mas ressaltando a dificuldade humana de superar uma perda relevante. E é assim mesmo!

Não notamos no nosso dia-a-dia, mas grande parte de nossas vidas passamos roubando energia das pessoas com quem convivemos, para aumentar nosso bem-estar, em detrimento do outro. Acabamos nos viciando em buscar energia de fontes mais acessíveis, - as pessoas com quem convivemos - em vez de nos conectarmos com a Fonte de toda a energia do Universo e nos abastecermos dela. Com isso tendemos a exacerbar a importância dessas pessoas na nossa vida, chegando a ponto de pensarmos não poder viver sem elas.

Para entender esse roubo de energia temos que trazer a baila a questão dos chamados Dramas de Controle, que são posturas emocionais que todos nós desenvolvemos ao longo de nossas vidas, em função dos medos e das necessidades de controle gerados pelos traumas da infância e da adolescência e pela influência energética de nossos pais, ou seja, pelos dramas de controle deles.

Segundo James Redfield, em sua obra "Visão Celestina" - "Existe um velho provérbio místico que diz que aonde vai a atenção, para lá flui a energia. Assim, quando duas pessoas voltam a atenção uma para a outra, elas literalmente fundem seus campos energéticos, juntando as energias. Aí surge logo a questão: quem é que vai controlar essa energia acumulada? Se um dos dois consegue dominar, fazendo o outro aceitar seu ponto de vista — enxergar o mundo à sua maneira, através dos seus olhos —, então esse indivíduo capturou para si a energia de ambos. Ele sente uma imediata onda de poder, segurança, auto-valorização e até mesmo euforia."

O apego é gerado pela busca de energia fora da fonte que emana toda a energia. O desapego, ao contrário, é a saturação de todo nosso ser com energia adquirida através desta fonte primária que criou tudo o que existe.

Desenvolver o hábito de buscar energia na morada da PRESENÇA EU SOU que reside no mesmo endereço nosso, há uns quatro ou cinco metros acima de nossas cabeças, elimina dois problemas de uma só vez. De um lado "trata" nosso drama de controle, invertendo o processo de roubar energia de outra pessoa, podendo enviar a nossa para ela - e veremos, mais adiante, que esse processo ativa um fluxo de energia de volta para nós. De outro, promove um único tipo de apego, com nosso Ser Interior que viabiliza a liberdade, a evolução...e a felicidade!

TaVar

8 comentários:

Lady disse...

Realmente precisamos aprender a controlar esse apego, sou muito apegada em algumas pessoas e não sabia desse roubo de energia.
Confesso que é complicado quando nos apegamos de tal maneira, que pensamos não poder viver sem a pessoa, mas eu não faço por mal e sim por não saber como lidar com isso.
Mas espero aprender aqui com você.
Linda tarde!

valvesta disse...

Oi amigo

passei pra deixar-te um abraço,um final de semana maravilhoso.

CGaúcha disse...

Boa Noite, Taddeu!

Obrigada pelo comentário no meu
cantinho.É um prazer tê-lo como seguidor.

Um excelente final de semana!

Sawabona!

Constanze Gaúcha

Baci

Taddeu Vargas disse...

Olá Lady, muito obrigado pela visita. Manda um e-mail para tavar47@hotmail.com que te respondo enviando o livro Profecia Celestina, de James Redfield, que foi o autor a trazer essa questão dos dramas de controle e do roubo de energia à discussão. Volte sempre, quase diariamente coloco textos novos e grande parte deles aborda questões como essa. Abraço forte.

Taddeu Vargas disse...

Olá Valquiria, obrigado pela visita. Excelente final de semana para você também. Beijo grande.

Taddeu Vargas disse...

Obrigado pela visita Constance! Desejo um belo e feliz final de semana para você. Abração.

Myriam Valentina disse...

Concordo contigo Tadeu. O apego é uma das formas que usamos para tirar energia das outras pessoas. E como consequência nos desligamos da nossa energia vital.

Taddeu Vargas disse...

Olá Myriam, que bom recebê-la aqui! Muito obrigado pela visita. A relação bem resolvida é aquela que enviamos energia para o outro, por estarmos abastecidos na fonte maior. Volte sempre, beijo enorme!