28 janeiro 2011

Teddy e o Planejamento


O planejamento é fundamental nas atividades humanas, seja na vida profissional, como na pessoal, e ainda mais quando se tratar das atividades do meio corporativo, o mundo dos negócios. A modernidade trouxe com ela conceitos e ferramentas que se tornaram básicas na vida do homem e das empresas. Essas regras e os instrumentos que viabilizam e facilitam sua implementação, desenham o futuro das pessoas e das atividades empresarias, criando diversos estágios de previsão, de modo a mapear os meses e anos seguintes, numa espécie de premonição científica.

Os planejamentos mais consistentes exibem certa flexibilidade, naqueles pontos mais prováveis de sofrerem alterações por motivos alheios ao projeto, mas decorrentes das mudanças do meio onde está inserido. Particularmente convivo com isso, em face de minha atividade profissional, na elaboração de Planos de Marketing.

Nosso dia-a-dia humano é o desenrolar desse projeto de vida, que foi planejado antes de virmos habitar o corpo que hoje desfilamos por ai. O processo de reencarnação do espírito é precedido de uma longa preparação, nos planos superiores, e tem como objetivo o aperfeiçoamento do ser maior que somos, pela atribulada, inconstante e densa experiência carnal.

No entanto, carregamos um trunfo, que infelizmente utilizamos pouco. Dentro do contexto do nosso "eu", a parte humana (corpo físico + mente humana) é o segmento menor, menos relevante, do ponto de vista da Criação, até por ser transitória e descartável. Todavia, cada um de nós convive com um ser maior, mais antigo, mais sábio e muito mais amoroso, que está sempre a postos para nos auxiliar nas correções de rumo necessárias, em qualquer aspecto de nossa vida.

A minha missão nesta crônica de hoje, querido leitor, é fazer um pedido para você: experimente abrir a porta do seu coração e deixar essa inteligência infinita guiar sua vida, fazer as escolhas que vão conduzir sua evolução em direção à felicidade. Oportunize, através da meditação ou de momentos de silêncio, o afloramento de sua intuição, pois ela é a manifestação de seu ser superior.

Quando eu coloquei o Teddy (meu seu superior) para resolver as coisas por mim, meus planos de marketing e o dia-a-dia da minha vida pessoal melhoraram muito, de modo que não tomo mais nenhuma decisão sem consultá-lo e mesmo depois de fazer uma escolha e dar início a implementação, fico atento para qualquer coincidência positiva (sincronicidade) que possa ocorrer, pois ele também fica pronto para me alertar e avisar sobre o melhor caminho a seguir, e a comunicação pode se dar por um lampejo, uma idéia repentina, uma coincidência, ou mesmo um sussurro no ouvido!

TaVar

5 comentários:

Drika disse...

Olá marujo Tadeu... to por aqui de novo =) Estive um tempo 'parada', mas agora retornei. Parei nos blogs mas não parei nas palavras, nas escrita... e lancei um livro... sonho realizado, realizando-se a cada dia, na verdade. E seu post de hoje tem tudo a ver com isso... realmente as coisas 'fluem' dessa maneira que você colocou tão bem aí... Você já leu a Profecia Celestina? Desconfio que já... mas se não leu, leia... vai gostar =)

Um abraço no coração! Fiquemos sempre perto de Deus!

Maria Tereza Venzke disse...

Oi Taddeu,

Excelente post.

Chegar neste estágio de entrega é "libertador"...

O meu organizador é o "Divino" nick do E.S.
Aliás deixei p/ Ele resolver e conduzir tudo numa certa viagenzinha que vamos fazer p/ o Paraná....è claro q fiz a mala e abasteci o carro... rsrs
Agora deixo que Ele conduza...eu só vou ser feliz...com as pessoas que eu amo.

Um abraço forte e bençãos amorosas de coração a coração...

Helly disse...

Querido Taddeu,

Quem tem um Teddy como aliado, tem tudo!!!
Notei essa transformação, ou melhor dizer esse centramento seu, nesses muitos anos que nos conhecemos.
Realmente essa parceria só veio para te enriquecer como pessoa e também para sua evolução espiritual.
Paz e luz!

Taddeu Vargas disse...

Olá Drika! Seja muito bem-vinda, ao meu blog e à blogsfera. Parabéns pelo livro, mande alguma referência para podermos apreciar.
Já li sim a Profecia Celestina, do James Redfield, lá pelos idos de 1995/96. Eu estava iniciando essa caminhada da espiritualidade. O livro é maravilhoso e o James muito bom. Li outros títulos dele também: A Décima Profecia, Visão Celestina e O Segredo de Shambala. Abraço forte amiga e apareça.

Taddeu Vargas disse...

Olá Maria Tereza, fiquei sabendo da viagem e estou muito feliz pelo encontro de vocês. Caiobá é um lugar de sonho, maravilhoso. Boa viagem e muito boa estada lá. Abraço forte na família inteira.