09 janeiro 2010

9 de janeiro


O presente maior que Deus me deu, depois da vida, foi conhecer o Mestre. E este dia nove de janeiro marca o maior presente que eu recebi Deste.
Há 14 anos atrás. Noite de terça-feira. Hora do jantar. Um Hotel no centro da cidade de São Paulo, Brasil. Este era o cenário.
Preparei-me para essa ocasião especial, como não me preparara para o casamento, ou qualquer outro evento importante de minha vida. Eu receberia Dele uma incumbência, este era o presente!
A preparação implicava em vestir a roupa da coragem porque a incumbência exigia este atributo dos fortes. E eu temia que pudesse decepcioná-lo. Mas caso aceitasse a delegação e a levasse adiante, substituindo hábitos antigos e arraigados, por uma nova forma de viver minha sina humana, seria presenteado ... com isso, e também com as consequências dessa decisão.
A minha vida mudou dali em diante, conforme Ele me relatara que aconteceria. O mais difícil não foi tomar a decisão, mas mantê-la. Para isso o Mestre montou plantão em mim. Todos os dias, desde aquele 9 de janeiro sinto-o por perto, numa deferência que não mereço, mas que a infinita compaixão Dele determina.
Hoje, mais do que nunca sinto sua vibração.
Ao celebrar essa data envio a todos que tiverem conhecimento dessas palavras, a energia poderosa e transmutadora da chama sagrada do Meste Amado Saint Germain.
MTV
taddeu vargas 

11 comentários:

Denise disse...

Que lindo texto e reverência amorosa ao Mestre!! Me junto a ti para esta celebração tão importante na tua vida, querido!

Janeiro, palco das mudanças, onde tu é o escolhido. Ele sabe que pode confiar em ti!! Mesmo ao montar guarda, não te trouxe incumbência que não pudesses cumprir. Teu feito teve grande efeito na vida de outras pessoas além da tua própria, e, por esta vitória e por merecido crédito, eis que te convoca novamente, desta vez para ser "mestre...de cerimônias. Da cerimônia de iniciação de um ser de luz que buscava sua origem, no meio das escuras e confusas aparências humanas"...
Janeiro, onde tudo começa, deixa a marca do reinício, da escolha difícil e da vontade gigante que nem sabíamos ser portadores.

A ti congratulo respeitosamente pelo marco definitivo da mudança conquistada, enaltecendo a coragem dos fortes!!...e agradeço carinhosamente, pela mediação amorosa para a qual foste eleito. Que Ele brilhe sempre em nós...e ilumine o palco desta tua existência tão bonita!
Parabéns!!! Foste presenteado com louvor!!
Beijo afetuoso

disse...

Lindo depoimento. Obrigada por compartilhar no blog. Que o Mestre Saint Germain lhe envolva com muito amor, força, harmonia, luz e tudo mais que possa desejar nesta caminhada. Deixo um abraço forte.

Helly disse...

Querido Taddeu,
Lendo esse texto, pedi ao Mestre que de alguma maneira se manifeste em minha vida tb, que esse 9 de janeiro seja um marco em minha vida também. Irei meditar agora, e espero viver uma experiência transformadora em minha vida.
Que assim seja e assim será!
Eu sou, eu sou, eu sou!!!!

Taddeu Vargas disse...

Olá Denise! Muito obrigado por interagir com o meu depoimento. O teu exemplo só reforça a verdade de que quem busca alcança e de que quem deseja fortemente, sempre consegue.
A mudança é necessária pois a cultura humana deve ceder espaço para o aprendizado espiritual, a fim de que possamos alcançar liberdade, evolução e felicidade. Logo, os velhos hábitos que habitaram nossas vidas até aqui, devem ser substituídos por práticas que se adaptem melhor à nossa realidade de seres multicorpóreos.
Beijo carinhoso.

Taddeu Vargas disse...

Olá Sô! Muito obrigado pela visita e pelas generosidade das palavras. Quando entramos no silêncio, encontramos o Mestre à nossa espera.
Abraço forte!

Taddeu Vargas disse...

Olá Maria Helly! Ele já está transformando sua vida, senão você não se recolheria para meditar. Essa é a postura de quem vive um intenso processo de mudança. Ocorre que, as vezes, temos dificuldades para perceber e mesmo para valorizar nossos próprios gestos na direção Dele. Mas Ele tudo vê, tudo sabe.
Fique com Deus minha querida, é a tua melhor escolha.
Beijo enorme!

Denise disse...

Voltei para a tréplica...rs
A espiritualidade é uma descoberta que, a meu ver, está dentro da meta da humanidade (ainda que sem suficiente clareza para quem não observe bem). Já falamos disso inúmeras vezes, mas como este é um lugar pertinente para a reflexão em conjunto, talvez falarmos se propague – lei da expansão pela circularidade (acabo de fundá-la, tá?...rs)
A procura pela vasta literatura acerca do tema – ela própria nunca foi tão ampla e nunca freqüentou os melhores lugares das livrarias como hoje (algumas, especializadas no assunto) – já é indício muito forte dessa busca, da busca de entendimentos maiores que estavam um pouco adormecidos. O berço esplêndido onde dormitava a humanidade, foi sacudido – acho que “acudido”...rs – e este movimento universal caminhando para a luz dos fatos, da verdadeira descoberta de si e o encontro com o sagrado, é a grande mudança que está em marcha. Um processo de chamamento, cujo apelo está latente e produzindo pegadas por onde muitos irão caminhar.
Interrompo aqui ou o preâmbulo do nosso livro fica já pronto, perdendo a graça para os leitores novos...rs
Bjos

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Tadeu: primeiro muito grata por tuas palavras no meu blog. Te respondoi lá, mas vim aqui te conhecer e descubro esse post tão forte, onde um humano aceita um mestre, com toda humildade e coragem. Boa viagem meu amigo....

Taddeu Vargas disse...

Walkyria, realmente adorei teu blog. Parabéns! Amei tua visita e tuas palavras, volte sempre! Abração.

Valéria disse...

Prazer, gostei da devoção.
Vou segui-lo!

Beijo

Taddeu Vargas disse...

Seja bem-vinda Valéria! Abração.