28 maio 2011

Mar à vista

De volta à janela de onde enxergo o mar, afinal, lugar de marujo é nele, ou perto dele! Daqui vejo mais que o mar; vejo o que o ele construiu à sua beira: casas, ruas, praças, negócios, rotinas, carreiras, expectativas, emoções! Uma cidade, uma comunidade, uma história!

O cenário é comum, repete-se planeta afora, nas comunidades formadas à beira-mar. O incomum é minha absoluta alegria por estar aqui. Nem no calor da criação do maior dos meus devaneios, tendo como tema o mar, percebi que sua influência sobre meu estado de espírito fosse tão definitiva.

Estou aqui por causa do mar, pivô da trajetória deste marujo aprendiz de escritor, que a ele retorna para buscar conselhos, que irão definir a sequência da caminhada. Há muito tempo que funciona assim. Sempre que algo importante está para acontecer é próximo ao mar que venho me esclarecer.

A razão da supremacia planetária está na quantidade de energia divina pouco alterada pelo homem, que o mar contém. Claro que a falta de consciência ecológica faz uma força danada para acabar com isso. E não é somente o desmando ambiental que produz alteração da pureza da energia da criação. A postura emocional da sociedade humana também interfere no ambiente, desqualificando o perfil da energia eletrônica que mantém o sistema em perfeita harmonia e funcionamento.

No entanto, pela sua grandeza física e pequena densidade demográfica, pois não são tantos os embarcados, em proporção aos não-marujos nessa vida, a energia divina pura à disposição nos oceanos ainda é muito expressiva, tranformando esse ambiente em altamente "fornecedor" da luz pura de Deus.

Particularmente vou aproveitar esses momentos de exposição à energia universal para absorver a paz e a luz necessárias para este momento significativo de minha vida. Ah! Vou também aproveitar para concluir alguns escritos que ficaram inacabados, não por interrupção do enredo criador do texto, mas por força da necessidade de foco no trabalho, ladrão do tempo sagrado da criação, ou seria do templo?

Um belo final de semana e um beijo carinhoso em você leitor(a).

Taddeu Vargas

4 comentários:

Elaine Redigolo disse...

muito interessante, acabar coisas começadas faz parte ... fecha um ciclo e recomeça novo.
boas idéias...........................

Elaine Redigolo disse...

aahhhhhhhhhhh,,,, bom fim de semana

valquiria calado disse...

Tua janela é invejável.

Bom fim de semana.

Onde há fé, há amor; onde há amor, há paz; onde há paz, há Deus; onde há Deus nada falta.

Ivanete Nunes de Oliveira disse...

Muito bom.Recomeçar é sempre legal,às vezes dói,machuca,precisamos juntar os cacos mas é recomeçar...
IVANETE