04 julho 2010

Torpedo

taddeu vargas
Quando a criança estava terminando de escrever a frase na areia, na beira do mar, a onda vinha se aproximando.
Vi o rostinho infantil sorrir, tranquilo, como se tivesse combinado com o mar, que a mensagem escrita na areia iria ficar ali para sempre!
O que vi em seguida, acho que não vi, sonhei, mas o que sonhei, ou vi, foi a frase ser levada pela onda do mar. Pude ler o que estava escrito na onda e nunca vou esquecer!
A onda já ia longe levando a mensagem, e a criança feliz, se despedia de sua amiga mensageira, com mais um sorriso!
taddeu vargas
TaVar

61 comentários:

Déborah Simões disse...

ah, esse texto é muito lindo..
e gostei muito do seu blog.. to seguindo tb...
bjok

ErikaH Azzevedo disse...

Tão lúdico isso...tão bonito...mágico.

Nos ensina o desapego, e isso é tão dificil..qto mais adultos mais proprietário de tudo e de todos queremos ser, nada nos pertence , só o instante, e pra que ele seja eterno basta guardarmos num pra sempre da memória a beleza do momento.

Bjos

Erikah

Poeta del Cielo disse...

sempre e bom ver o a lo melhor imaginar a sonrisa no rostro de umna crianca.... eleva nosso espiritu ao maximo....

muito bom seu escrito

te felicito amigo...

abrazo...
bom comeco de semana amigo.

Betty Gaeta disse...

Oi Taddeu,
Gostei do texto, muito bonito e sutil.
Adorei o blog e estou seguindo vc.
Tb sou vegetariana.
Bjkas e uma ótima segunda-feira pra vc.

Elza Carrara disse...

Bom dia Tadeu...
Eu sempre fico muito feliz quando um homem visita meu blog. Mesmo sendo ele, um blog feminino, acredito que os homens de maior sensibilidade, são os que voltam!
Li um pouco dos seus textos por aqui e gostei. Vou ler um pouco mais.
Bjs e um ótimo dia pra vc.

AnTo disse...

Oi Taddeu! bonito texto! beijos de uma paraguaia que irá seguir o seu blog...
=)

Paula Laranjeira disse...

É interessante como as mensagens nunca se apagam. Elas nascem com um objetivo, e depois deste alcançado vai...e indo, fica. lindo texto...

bjs

Rita Fedon disse...

Olá, boa noite.
Adorei o seu blog!
Ficaria muito feliz se você visitasse o meu, www.ritafedon.blogspot.com

Meu nome é Rita e sou escritora/empresária/palestrante e consultora em relacionamentos pessoais!

Um bejo grande
Rita

Rita Fedon disse...

Olá, boa noite.
Adorei o seu blog!
Ficaria muito feliz se você visitasse o meu, www.ritafedon.blogspot.com

Meu nome é Rita e sou escritora/empresária/palestrante e consultora em relacionamentos pessoais!

Um bejo grande
Rita

Guilherme Monteiro disse...

parabens . textos muito bonitos!

Guilherme Monteiro
http://guilherme10monteiro.blogspot.com

Pedra do Sertão disse...

Olá, Tadeu,

Seu texto me fez lembrar o primeiro capítulo de "Palomar", livro de Calvino, que tem como título 'leitura de uma onda'. Em ambos a mesma orientação: visões diferentes para se ler o mundo. Abraço

Aline Schons disse...

Que texto bonito! Boa semana, beijos

Pamella Medeiros disse...

Belíssimo texto, adorei o Blog.

Tati Pastorello disse...

Em algum ponto do caminho a mensagem na bruma se enrola e penetra uma garrafa empurrada pela mesma onda. Desta forma a mensagem do menino pôde chegar a seu destino...

Viajei mais que a mensagem na garrafa!! hehe
Beijos

Fátima disse...

A interpretação é individual e pessoal.
Para uns a mensagem foi apagada...ou levada...ou ficou gravada.
Quem sabe!
Adorei.

Beijo .

Grasi disse...

Passadinha super rápida p/ te desejar uma noite de quarta super iluminada.
Bjão

Michelle Crístal disse...

Fui a infância agora e imaginei ser aquela criança... Fui eu que esqueci de você ou você que esqueceu de mim?
"Aquela criança de sempre e o mar naquele momento sendo somente dela,improvisando uma cena com o rabiscar de suas mãos, pobre criança as ondas do mar disseram-lhe:-" Que o mar eram de todos, assim como o verbo amar, e não escravizar." E aquela criança pensou:" como não ser escrava de um mundo que já nascemos a escravidão...Não que o mundo fosse melhor... Mas que o melhor habitua dentro de nós e podemos ser para sempre aquela criança despedindo e dizendo que um dia o mar traria de volta aquilo que ele acabou de levar!"
Beijos e um bom final de semana!

Leca disse...

"...Quem nos deu asas para andar de rastos?
Quem nos deu olhos para ver os astros
Sem nos dar braços para os alcançar?!..."
Lindo né...é Florbela Espanca...
Que flutua no meu blog...
E espera por você...
Beijos...
Leca...

Maria disse...

Que lindo, que ternura.

Um beijo
Maria

Sandra disse...

Que as ondas possam levar todo o amor ao infinito de outras vidas.
Lindo. Um belo coração a beira do mar.
Representando o amor que devemos ter os animais marinhos.
A vida lá tbém grita por socorro.
Carinhosamente,
sandra

Pâmi Garcia disse...

Lindo!!
me emocionei...

Obrigada!

VALVESTA disse...

lembrei-me de uma musica,nada do que foi será do jeito que já foi um dia... tudo sempre passará, a vida vem em ondas...
assim é amigo, mas eu corro atras das ondas, e dos sonhos e com esperança, sempre!!! beijos no coração.

Denise Costa disse...

Tadeu
Obrigada pela visita!!!
Gostei muito do seu blog!!!
Bjs

Flávia Batista disse...

Oi Tadeu!!!

Vom conhecer seu blog. Adorei!!!

Vou vir aqui sempre!

Confesso que fioquei curiosa pra saber o que era a frase.... hehehehehehhe


bjss

Zezinha Sousa disse...

Olá, Tadeu, obrigada pela visita. Gostei muito do seu texto. Temos muito o que aprender com as crianças assim como as ondas do mar levou a mensagem, também levam os castelos de areia, e as crianças reconstroem tudo novamente com a inocência e a sabedoria de quem sabe que tudo passa, mas que nem por isso devemos deixar de sonhar, escrevendo nossas mensagens ou reconstruindo nossos castelos.
Gostaria de recebê-lo mais vezes no meu cantinho.
Bjo com carinho!

Zane BZZ disse...

O menino ambicioso

não de poder ou de glória

mas de soltar a coisa

oculta no seu peito

escreve no caderno

e vagamente conta

à maneira de sonho

sem sentido nem forma

aquilo que não sabe.

Ficou na folha a mancha

do tinteiro entornado,

mas tão esmaecida

quem nem mancha o papel.

Quem decifra por baixo

a letra do menino,

agora que o homem sabe

dizer o que não mais

se oculta no seu peito?

(O texto me fez pensar nesse poema de Drummmond...)Bjs!

Zezinha Sousa disse...

OLá, marujo! Vim te convidar para passar lá no meu blog que foi atualizado com um novo poema. Um abraço com carinho.

Márcia Vilarinho disse...

Que lindo! Acho que vou experimentar escrever na areia os meu rascunhos para que sejam publicados nas ondas do mar. Abraços

Márcia Vilarinho disse...

Que lindo! Acho que vou experimentar escrever na areia os meu rascunhos para que sejam publicados nas ondas do mar. Abraços

Lilian disse...

as vezes não rpecisamos de muito tempo para uma amizade, ou para enivar uma mensagem, talvez basta um sorriso para sabermos que não estamos sós.

Lindo blog, sábias palavras...claro que seguirei.

Abraços

Lilian Goncalves

http://liliangoncalves.blogspot.com

Saozita disse...

Olá Tadeu. Na criança se encontra o sorriso e a ternura da fantasia e da cumplicidade com o mar.
Gostei, desse sonho e sobretudo do espelho da mensagem, que deixou uma criança feliz!

Tem uma boa semana.
Bjs

trecos e apetrechos da Fran disse...

Linda mensagem!
Adorei teu blog, já estou seguindo, fiquei muito feliz com tua visita no meu blog.
BJS

Rosana :) disse...

Belo texto,e é assim tambem a vida:como as ondas do mar!

Lindo demais seu blog! :)

Salete Maria disse...

A mídia fala em Bruno
Eliza e gravidez
Flamengo, orgia e fumo
-esta é a bola da vez!-
Tem muito 'especialista'
Em busca de alguma pista
Pra ser o herói do mês

E a história se repetindo
Mudando apenas o nome
Outra mulher sucumbindo
Sob ameaça dum homem
Uma vida abreviada
Cuja morte anunciada
A estatística consome
(...)

Leia mais em www.cordelirando.blogspot.com

Malu disse...

Simples e absolutamente profundo.
Gostei, Tadeu
Um abraço

Lenita Nabais disse...

Um texto maravilhoso, que significa o desapego e que tudo na vida flui!
Linda foto! Obrigada! Um abraço de LUZ

Lara Rizzi disse...

belissimos textos, parabéns!

Elaine Barnes disse...

Por isso o mar inspira tantos poemas,tem gravadas nossas palavras de amor , de ternura ,de saudades...Nossos sonhos de criança.Achei lindo demais. Montão de bjs e abraços

Sílc disse...

Ola Marujo. Mais uma vez, foi bom passear novamente pela sua Casa. Muito lindo seu Texto. Marcarmos e aproveitarmos mágicamente um momento que é mágico mesmo! Despojar-se. É difícil para muitos, mas possível para outros! Parabéns! Foi bom vir visitá-lo.com amor e carinho,
Sílvia
PS.: Há novas Postagens minhas no meu Blog. Sinta-se bem vindo!
http://www.silviacostardi.com/

Salete Corrêa disse...

Vi você como seguidor, mas não deixou comentário algum...Descobriu o Blog aonde querido?

E que doce é seu texto, tão leve, um sopro de clamaria e sabedoria, e qual o problema de ir embora, se já foi bom?

Visite e comente sempre: http://pontapedepartida.blogspot.com/

Thaís Winck disse...

adorei "torpedo"
muito criativo e encantador
ja estou seguindo

Valquíria disse...

Tadeu,
Obrigada pela visita e pela companhia! Seu blog é muito legal!
Até mais...

Kéia disse...

Nossa muito lindo mesmo o texto ...obrigada pela visitinha .

Catarina Sousa disse...

gostei muito do texto (:

Milca disse...

Oie, Vim agradecer por estar seguindo lá no blog. Fiz uma visitinha aqui e já me senti em casa, adorei o seu espaço e os textos também. Você está sempre bem vindo lá no blog viu.Sucesso sempre.
PS. Seguindo.

MAILSON FURTADO disse...

Belo blog, bela postagem...

Excelente trabalho!!!

Fiquei feliz em conhecer...

Veja:

http://mailsonfurtado.com

Betty Gaeta disse...

Oi Tadeu,
Obrigada pela visitinha.
Tenha um ótimo restinho de semana.
Bjkas e uma boa noite para vc.

daniella disse...

fico imaginando quantas mensagens já nao foram escritas na areia e eternizadas pelas ondas *-* lindo o texto

Mariane disse...

Ondas do mar, mensageiro para o distante reino que almejo desbravar.
Tantas ondas, tantos mares, quantas mensagens contidas nestas ondas dos mares...
Sonho de criança crescida que repetidamente lança a mensagem escrita nas areis da praia para as ondas do mar guardar.
Inspirador texto este teu.

JULIANA PAEZ disse...

Olá Taddeu,

Obrigada por me seguir!
Prometo voltar com mais calma para apreciar seu blog, gostei do que vi por aqui.

Parabéns!!

Bjos da amiga Ju

Patricia Garbuio Bittencourt disse...

Cada vez que visito seu blog me surpreendo com lindos textos.bjssss

Thais Souza disse...

Que lindo! ;)
Pura simplicidade infantil... bela..!

Parabéns!

Maria disse...

Amigo que texto lindo, como sempre.
É sempre um prazer enorme vir visitar o seu cantinho, é um local muito especial, onde o bom gosto e a qualidade estão sempre presentes, iluminando a alma de quem o visita.
“Não devemos permitir que alguém saia da nossa presença sem se sentir melhor e mais feliz.”(Madre Teresa de Calcutá)
Bjs do tamanho do infinito
Maria

Denise disse...

Vim deixar um beijo pelo teu dia, meu escritor predileto!

Parabéns! O Cem Crônicas será a concretização de um sonho, e depois dele, outros mais virão, tenho certeza.
Boa sorte!
Beijos

Inveja boa disse...

O QUE GOSTO FICA GRAVADO...NÃO SEI SE NO MEU CORAÇÃO, OU NOS MEUS OLHOS...

ABRAÇOS.

REJANE TACH

Márcia Luz disse...

Um bálsamo para a alma. Lindo mesmo!

Roselaine Funari disse...

lindo!
imagem poética maravilhosa,
q deixa uma sensação de paz.


adorei
valeu visitá-lo

;D

JB disse...

Passei aqui pela primeira vez e fiquei logo "presa" na onda deste seu texto! Lindíssimo! A inocência e a cumplicidade mágica de umja criança!

Gostei muito!
Voltarei

Abraço

Adelyne Cerqueira disse...

Que lindoooooooooooooooo! Adoreeeeeiiiiii... muito sensível. =) Bjos

Zélia Guardiano disse...

Lindo demais! Muito sensível!
Adorei o texto e o espaço todo.
Voltarei...
Abraço

VEREDAS, por Marluce disse...

Tadeu,

Simples e belo,cheio de poesia...


Que bom que ainda acreditamos no encanto, no mágico!
Belo torpedo! rs

Lindo blog!


Um abraço, Marluce